fbpx

Praticar esportes nos deixa mais inteligentes

A ideia de que os exercícios físicos reduzem o risco de doenças cardíacas, certos tipos de câncer e até previnem contra diabetes tipo II é bem aceita entre os cientistas. Só que estudos mostram que os exercícios também podem turbinar a mente. Não estamos falando apenas daquele bem-estar vago sugerido por ditados como “mente sã, corpo são”. O que vários pesquisadores estão descobrindo é que a atividade física tem profunda influência em uma série de capacidades cognitivas que definem seu QI.
Muitas destas pesquisas examinam idosos, cujas habilidades mentais tendem a decair com o passar dos anos. Um grande estudo da Universidade de Munique, por exemplo, acompanhou 4.000 idosos durante dois anos. Aqueles que raramente faziam atividades físicas tiveram mais do que o dobro de chance de sofrer algum comprometimento cognitivo se comparados aos que faziam jardinagem, natação ou ciclismo algumas vezes por semana. Outro grande estudo publicado no periódico The Lancet, que seguiu um grupo de quase 1.500 pessoas durante 20 anos, mostrou que esses efeitos podem ser duradouros. Os indivíduos que se exercitavam pelo menos duas vezes por semana já adultos tinham menos chance de desenvolver demência quando passavam dos 60 anos. Os resultados são um alerta para os preguiçosos: formar hábitos saudáveis hoje pode atrasar o declínio mental décadas no futuro.
Pesquisas com jovens são mais raras, mas há evidências de que as atividades físicas fortalecem a saúde cerebral em todas as fases. Uma delas analisou crianças de 5 a 14 anos em escolas públicas na cidade de Nova York. Em testes cognitivos, os 5% de alunos que estavam mais em forma tiveram notas 36% superiores que o grupo menos em forma. Outro levantamento sobre registros de condicionamento físico de 1,2 milhão de homens que se alistaram nas forças armadas da Suécia entre 1950 e 1976 chegou a uma conclusão semelhante. A pesquisa, que seguiu os dados dos jovens dos 15 aos 18 anos, indicou correlação entre boa forma física na adolescência e o melhor desempenho em testes de inteligência e habilidades cognitivas aos 18 anos.
Os exercícios provavelmente contribuem com mudanças mais permanentes. Por ser um dos órgãos que mais consome energia, o cérebro depende de uma dieta constante de nutrientes e oxigênio, supridos por uma complexa rede de vasos sanguíneos. As atividades físicas encorajam a construção dessas linhas de suprimentos e também facilitam sua manutenção. Matthew Pase, da Universidade Swinburne, na Austrália, descobriu que a pressão alta, especialmente nas grandes artérias centrais que alimentam o cérebro, pode causar falhas no desempenho cognitivo, talvez em consequência de danos aos vasos. Como a atividade física regular reduz a pressão arterial, ela deve proteger o cérebro desses problemas no fornecimento de alimento. Outra forma mais indireta de benefício é o fato de que indivíduos mais atléticos têm menos risco de diabetes e obesidade, problemas que podem gerar um ciclo de reações que contribui para o acúmulo das placas cerebrais em pacientes com Alzheimer.
Quando falamos de mudanças dentro do cérebro, as atividades físicas provocam a liberação de neurotransmissores como serotonina, noradrenalina e dopamina, os mesmos estimulados pelos antidepressivos e medicamentos para hiperatividade. Ou seja, uma corridinha na esteira ou uma pedalada na bicicleta ergométrica pode se parecer com tomar uma mistura de Prozac com Ritalina, explica Ratey. Os exercícios também estimulam a produção de substâncias que regulam o desenvolvimento do cérebro, os fatores de crescimento. Ratey chama essas substâncias de “adubo cerebral”, pois elas criam um ambiente no qual os neurônios podem prosperar e promove a formação de novas conexões.
Diante disso, o Departamento de Saúde dos EUA está encorajando as escolas a oferecerem mais aulas de educação física e o Instituto de Medicina do país recomenda que os alunos das séries iniciais façam 30 minutos de exercício por dia e os mais velhos 45 minutos. “Precisamos que as crianças se mexam todos os dias. Além de fazer sentido para a saúde, também aumenta suas notas nas provas”, diz Ratey.
O mesmo princípio se aplica à população mais velha. Exercitar-se é uma alternativa aos jogos de inteligência. Kramer diz que ainda não há evidências suficientes que comprovem o benefício de jogos como palavras cruzadas, já que as melhorias conquistadas não parecem afetar o cotidiano. Por outro lado, os novos programas de exercício, conduzidos durante seis meses ou um ano, tendem a acelerar a velocidade de processamento cerebral e melhorar a atenção e a memória em diversas atividades. Combinar as duas abordagens pode ser a opção ideal.
Fonte: Revista Galileu

opcao2Powered by Rock Convert

Gostou do nosso post? Então compartilha com seus amigos:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

RELACIONADOS

CATEGORIAS

NEWSLETTER

Os melhores conteúdos do mundo fitness na sua caixa de e-mail! Preencha suas informações abaixo e inscreva-se:

VENHA NOS VISITAR!

Que tal fazer uma visita totalmente personalizada e pensada em você? Clique no botão abaixo e faça-nos uma visita:

PULSE RUNNING

Modalidade Indoor e Outdoor. Os corredores desfrutam de treinos de corrida dinâmicos no interior da academia e acompanhados pela equipe e segurança motorizada em percursos externos. A assessoria e a proximidade com o aluno contribui para o desenvolvimento constante do atleta.

CROSS TRAINING

Faça parte do Team Suntown. No nosso box, os alunos saem da rotina com treinos diferentes todos os dias. As aulas proporcionam grande melhoria nos níveis de condicionamento e composição corporal.Potencialize a sua performance e as suas atividades diárias.

HIT

Alta intensidade. O treinamento é indicado para todos os níveis de condicionamento. É a modalidade ideal para quem tem pouco tempo e quer realizar um treino completo. Eficaz para evoluir o condicionamento cardiorrespiratório e a potência do corpo inteiro.

TRX

Resistência total. Consiste no treinamento do corpo inteiro através de fitas suspensas na sala de aula coletiva. A metodologia tem como foco a melhoria da resistência, força, flexibilidade e da estabilidade do corpo.

PULSE DANCE

A dança como estilo de vida. Queime calorias e se divirta com muita energia positiva e os maiores sucessos da música nacional. Coreografias de funk, axé e sertanejo preparadas por um time pra lá de animado.

BODYJAM

Faça parte de uma companhia de dança. Uma aula que mescla diversos estilos de música eletrônica, com inspirações em coreografias que vão desde o Hip Hop ao Ballet. Um treino desafiador e libertador.

BODYPUMP

Um caminho para um corpo atlético. Treino com barra e anilhas que proporciona melhoria da resistência muscular, força e condicionamento do seu corpo.
Também é uma opção para quem busca emagrecimento e definição, tudo isso em uma aula super alto astral.

HATHA YOGA

A união do corpo e da mente. Experimente novas técnicas corporais que promovem força, resistência, técnicas respiratórias e meditação.

PILATES

A arte do controle do corpo. Fortaleça os seus músculos, prevenindo lesões e Protegendo a sua coluna com uma aula que te desafia a encontrar o equilíbrio.

ALONGAMENTO

Respire, alongue e relaxe. Ganhe mais flexibilidade e realize movimentos com mais precisão e segurança, além do aumento da sensação de conforto e bem estar durante o dia.

SCAPE

A maior experiência de Indoor Cycling que você já viu. Uma aula intensa e interativa, onde a iluminação, som, tecnologia e os comandos dos coachs andam em sintonia com você. Acompanhe o seu progresso em tempo real e viva uma experiência surpreendente