Categorias
Dicas Pulse

Lugares para você se exercitar ao ar livre em Natal

Capital do Rio Grande do Norte, Natal é conhecida por suas belíssimas praias, belezas naturais, calor e uma brisa que bate praticamente o tempo todo.
Mesmo assim, muitos dos seus habitantes deixam de aproveitar essa “facilidade” quando o assunto é se exercitar e praticar atividades físicas ao ar livre.
Seguindo os passos de grande parte dos nossos alunos, que aproveitam não só a estrutura da Pulse, mas também os diversos lugares voltados às atividades físicas na cidade, preparamos uma lista com 6 destinos para você aproveitar o que a “Cidade do Sol” tem a oferecer e sair por aí suando a camisa. Confira:

Parque das Dunas

Parque das Dunas
O Parque Estadual Dunas de Natal “Jornalista Luiz Maria Alves”, mais conhecido simplesmente como Parque das Dunas ou Bosque dos Namorados, é uma reserva de 1.172 hectares de Mata Atlântica situada no coração da cidade.
Aqui você pode andar de bicicleta, patins, correr ou fazer trilhas. Nesse último quesito, três opções permitem que você conheça a fauna e flora do local enquanto faz um belo exercício:

  • Trilha Perobinha, com extensão de 800 metros e duração de 40 minutos, recomendada para crianças a partir de 5 anos de idade e adultos sedentários.
  • Trilha Peroba, com percurso de 2.400 metros e duração aproximada de 1 hora e 30 minutos, recomendada para adolescentes e adultos.
  • Trilha Ubaia-Doce, com extensão de 4.400 metros e duração de 2 horas e 30 minutos, recomendada para pessoas com bom preparo físico.

Via Costeira

Via Costeira
A Via Costeira é um dos melhores lugares para quem busca se exercitar e curtir um belo visual. Todos os dias, das 14h às 22h, o trajeto de 2,5Km entre o Centro de Convenções e o Hotel Pestana é interditado para que as pessoas possam se exercitar e aproveitar ainda mais a região.

Parque da Cidade

Parque da Cidade
O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, ou simplesmente Parque da Cidade, oferece, além do projeto arquitetônico de Oscar Niemeyer, cerca de 5,2 km de trilhas, divididos em quatro percursos com características e distâncias diferentes, adequados para todos os públicos, desde crianças e idosos, até adultos acostumados com trechos longos e dificuldades maiores de terreno.
Clique aqui e saiba mais (http://www.natal.rn.gov.br/noticia/ntc-26238.html)

Praia de Ponta Negra

Praia Ponta Negra
A Praia de Ponta Negra pode ser considerada a “Copacabana” da cidade de Natal. Tudo acontece por aqui. E para os que estão procurando atividades físicas, algumas opções fazem da praia um dos melhores lugares para se exercitar. Surf, SUP (Stand up paddle), slackline na areia ou uma corridinha de leve são uma boa pedida para aproveitar ainda mais a bela paisagem da praia e do Morro do Careca.

Rota do Sol

Rota do Sol
A Rota do Sol é uma boa opção para quem busca trechos maiores para os “longões” de corrida e treinos ou passeios ciclísticos. São aproximadamente 10km de extensão entre Ponta Negra e Pium, numa rota muito utilizada pelos ciclistas da região. Vale aproveitar o clima ameno das noites e fazer um belo passeio!

Av. Campos Sales

Av Campos Sales
Parte do Projeto “Nossa Cidade Mais Saudável”, a Av. Campos Sales possui um trecho com mais de 2km sinalizados e transformados em corredor para caminhada e corrida. O trecho fica entre as Ruas Potengi e Ceará Mirim, funcionando diariamente entre as 19h e 22h.
E aí, gostou? Então cultive bons hábitos e aproveite ainda mais a nossa cidade.

Categorias
Dicas Pulse

Dicas para entrar em forma no verão (e no resto da sua vida)

O verão chegou, e com ele muitas pessoas passam a se preocupar com a forma física, tentando correr atrás do prejuízo pra ficarem com tudo em cima na estação mais quente do ano.
Pensando nisso, preparamos algumas dicas para você partir para a ação não só pensando no verão, mas também no resto da sua vida.

Deixe as desculpas de lado

Quantas segundas-feiras já se passaram desde que você disse que iria começar uma rotina mais saudável na próxima semana? Perdeu a conta? Então deixe as desculpas de lado e, daqui por diante, foque em organização e planejamento para fazer a atividade física caber, de uma vez por todas, na sua rotina. Combinado?

Mude sua mente

Em primeiro lugar, o que precisa mudar é a sua cabeça. O corpo será apenas uma consequência. De fato, as pessoas que conseguem os melhores resultados são aquelas que conhecem a si mesmas. Cada um tem suas limitações, desejos e objetivos. Nesse sentido, cabe a você fazer uma pequena avaliação sobre suas motivações e refletir sobre o seu novo modo de vida. Assim será mais fácil encontrar lugares ou parceiros que aumentem sua motivação para treinar.

Ajuste sua agenda

O treino, o local e o horário ideal são aqueles que cabem na sua rotina. Portanto, analise a sua programação, faça adaptações e, acima de tudo, esteja disposto(a) a mudar os seus hábitos. Acordar mais cedo ou dividir o horário de almoço em duas partes (atividade física + almoço) são apenas algumas das opções. Às vezes, se há pouco tempo, treinos curtos e de alta intensidade são uma boa pedida, pois eles oferecem grandes resultados e alta queima calórica em pouco tempo.

Acerte na escolha do local

Confiança nos profissionais, métodos consistentes, estrutura e empatia pela academia a ser escolhida são pontos importantes para você ter em mente antes de fazer sua matrícula.

Treino individual ou coletivo?

Só tem um jeito de encontrar o exercício que mais tem a ver com você: você tem que se mexer e testar aquilo que parece mais interessante ou conveniente. Portanto, experimente várias modalidades na academia e perceba qual ou quais lhe dão mais prazer. Mesmo assim, você não precisa partir para algo definitivo. Variar também é uma boa estratégia para manter a motivação. Se você prefere uma atenção mais personalizada, vale a pena investir em personal trainer. Eles costumam desafiar os alunos, insistem na regularidade e frequência e ainda podem ser bons ouvintes.

Regularidade

A regularidade é o que transforma projetos em hábitos. Nesse sentido, a pessoa deve enxergar o treino como o hábito de escovar os dentes, ou seja, algo necessário para manter sua higiene pessoal, saúde e felicidade.

Não basta só se exercitar

Existe apenas uma fórmula infalível para alcançar um treino sustentável: alimentação + exercício + descanso. É a tríade comer, treinar e dormir que, se praticada com constância, gera resultado na certa.

Categorias
Dicas Pulse

Dicas para você evitar excessos com a alimentação no final do ano

O final de ano está aí! E com ele o Natal, Réveillon, confraternização da empresa, entre amigos, família, etc… Nessa época é muito comum sair da rotina alimentar, consumir calorias extras e cometer excessos.
Mesmo assim, ainda é possível aproveitar de tudo com moderação, evitando ao máximo os excessos. Duvida? Então confira essas 5 dicas sobre alimentação no final de ano que preparamos para você:

1) Qual a carne mais magra que podemos ter nas ceias de Natal e Ano Novo?

Lombo e chester são carnes bem magras e contribuem para um cardápio menos calórico nas ceias de final de ano. Já o pernil pode fazer parte desse cardápio, o que não podemos é exagerar nas porções. Se houver mais que uma opção de carne, procure escolher apenas uma.

2) Tâmaras, damascos, castanhas, figos: podemos comê-los à vontade?

As frutas cristalizadas são mais calóricas do que as frescas, portanto, devemos consumi-las com moderação. Uma dica é utilizá-las na preparação de outros alimentos, como nozes no salpicão ou damascos com lombo, porque assim dividimos uma porção para toda família. Outra opção é consumir uma porção de 2 nozes por dia, mas não apenas no final do ano.

3) Como resistir ao panetone?

O panetone é muito calórico, mas nem por isso devemos tirá-lo do nosso cardápio. Podemos consumí-lo, desde que moderadamente. Por exemplo, no nosso café da manhã, podemos substituir o pão francês com margarina por uma fatia fina de panetone. Existe também a opção do panetone light, mas isso não é garantia para comer mais, e sim para comer a mesma quantidade com menos calorias.

4) E em relação às sobremesas, quais as mais indicadas?

As gelatinas podem ser utilizadas como uma alternativa, e existem formas muito criativas de prepará-la. Além disso, servir um banquete de frutas como sobremesa é um modo de reduzir o valor calórico da ceia.

5) O que fazer para não ficar com a sensação de estar empanturrado entre a semana de Natal e Ano Novo?

O mais recomendável é limitar a Ceia de Natal apenas à noite de Natal, não prolongando-a para os próximos dias e voltando a se alimentar com uma dieta balanceada e leve ainda no dia seguinte. As compensações e dietas restritivas em nada nos ajudam. A ingestão de uma quantidade maior de água sempre ajuda a combater a desidratação, causada pelas bebidas alcoólicas e pelo consumo exagerado do sal. Um chá de cidreira também ajuda a diminuir a sensação ruim.

Categorias
Notícias

Festival Pulse Dance na Wood's Natal

Sábado (02/12), foi dia de fazer a festa na Wood’s Natal, com muita diversão, ritmos variados e apresentações. Também contamos com a presença dos nossos parceiros, reservando surpresas e brindes aos participantes.
Fica aqui o nosso agradecimento a todos que participaram dessa grande festa, especialmente ao grupo de professores e às alunas e alunos Pulse que fizeram bonito ao longo do projeto.
Até o próximo Festival!