Categorias
Artigos

Benefícios do Running Indoor

Quer saber os benefícios do Running Indoor? Nossa professora Roseane Lopes responde.
A modalidade PULSE RUNNING INDOOR é uma ótima opção de treinamento, para quem deseja melhorar a performance nas pistas e ainda perder alguns quilinhos. Uma aula planejada para ser desafiadora, fugindo daquela rotina entediante de SÓ CORRER POR CORRER!
O RUNNING INDOOR agrega benefícios cardiorrespiratórios e melhora da autoestima. Durante a corrida, o cérebro produz dopamina, que além de reduzir a ansiedade, melhora o humor e estado de felicidade, promovendo prazer e maior energia ao longo de todo o dia. Essa sensação de energia é um dos melhores efeitos que a corrida produz, pois é um grande combustível para buscarmos o emagrecimento sustentável, aquele que impede o indesejado EFEITO SANFONA.
A montagem da aula permite atender todos os públicos, desde quem nunca correu, até os corredores mais experientes! As esteiras permitem variar os estímulos como velocidade e inclinação, possibilitando simular subidas e Sprint, adaptando a intensidade da aula ao nível de condicionamento do aluno.
Por fim, a pergunta que fica no ar: 
O que você está esperando para sair da frente do computador e vir correr conosco?
[button size=” style=” text=’Clique aqui e saiba mais’ icon=” icon_color=” link=’http://pulseacademia.com.br/matricule-se/’ target=’_blank’ color=” hover_color=” border_color=” hover_border_color=” background_color=” hover_background_color=” font_style=” font_weight=” text_align=” margin=”]

Categorias
Artigos

O que fazer para ter o corpo que vejo nas redes sociais?

O que fazer para ter o corpo que vejo nas redes sociais? Nosso professor Lucas Roberto responde.
Precisamos nos conscientizar que é mais do que possível atingir o corpo dos nossos sonhos. Porém, também é necessário entender, que cada um de nós possui sua própria individualidade biológica, ou seja, características marcantes que nos fazem únicos.
Dito isso, te dou uma dica de ouro: NÃO SE COMPARE COM NINGUÉM!
“- Eu não tenho o corpo tão definido quanto o dele! ”
“- Eu não sou tão magra quanto ela! ”
Esse é um erro muito comum que cometemos e muitas vezes nos desmotivam a continuar cuidando da nossa saúde e porque não, melhorando a nossa relação com o espelho.
Procure se tornar a sua melhor versão! Afinal, todos temos rotinas, hábitos, aspirações e esforços completamente diferentes. Como teríamos RESULTADOS IGUAIS?!
A maioria das pessoas que te espelham e te fazem desejar ter o padrão corporal delas, mostram nas redes sociais apenas os resultados que as favorecem. Por trás das fotos podemos ter alterações hormonais objetivando aumento de massa muscular, utilização de fármacos inibidores de apetite, injeções milagrosas para emagrecimento FAST. Elas simplesmente não expõem os problemas por trás disso!
Comece a observar como você era ao iniciar uma rotina de exercícios e como você está hoje. Observe muito além de ganhos estéticos. Olhe para seu interior, sua disposição, o que você não fazia e agora consegue fazer, os benefícios para sua saúde!
OLHE PARA VOCÊ e deseje a SUA melhor versão!
Sim, persista! Mantenha constância! Alimente-se bem e de forma sustentável, não sendo algo impossível de ser mantido por muito tempo e sim algo possível para você! Você consegue, sim!
Abraço a todos!

Categorias
Artigos

Odontologia: atividade física e estética do sorriso

Parece algo distante, mas tudo está intimamente ligado. Ou melhor, linkado! O ponto comum é a saúde física, mental e emocional.
A promoção de saúde aprendida nos bancos acadêmicos é diferente da filosofia repassada pelos profissionais de educação física e pelos dentistas para seus alunos e/ou clientes e pacientes?!
Claro que não! O que se busca é uma comunicação mais assertiva em termos de aceitabilidade de orientação profissional e resultados visíveis. Existe muita ciência na prescrição de um determinado exercício físico. Da mesma forma, há ciência na realização de procedimentos odontológicos. Vejamos, por exemplo, um clareamento dental: assim como determinada carga e frequência de exercício tem sua indicação, que deve ser precisa, para prevenir lesões e obter-se o propósito desejado, no clareamento, existe a necessidade de um exame clínico detalhado da estrutura dental, gengival e de diversos fatores envolvidos, para se obter um sorriso mais jovial, luminoso, harmonioso e, acima de tudo, saudável. Não estou usando o termo, simplesmente, “mais branco”! Isto porque a busca pela naturalidade faz toda a diferença. Segredinhos de beleza sempre existirão, como uma alternativa a mais, nas nossas necessidades estéticas. Mas não há mistério, a combinação de fatores cientificamente comprovados é que dita a beleza física das áreas abordadas, bem como a saúde na sua essência. A prevenção, num sentido mais amplo, perpetua a condição que muitos já trazem ao nascimento. Para aqueles que não tiveram esse privilégio, a atividade física, cuidados com a alimentação e alguns procedimentos corretamente indicados na dermatologia e cirurgia plástica serão sempre balizados com o que a odontologia estética pode fazer para o seu sorriso. Assim, em ambas as áreas, existe um consenso: profissionais estudiosos, dedicados, apaixonados pelo que fazem, estimulam e conduzem a tratamentos e cuidados com resultados mais reais, duradouros e, acima de tudo, atemporais. A saúde física e ações preventivas na odontologia estética do sorriso se estimulam entre si, propiciando elevação na autoestima, segurança social e por que não dizer, mais felicidade! Trabalhamos exatamente para isso, interferindo positivamente na vida as pessoas.
Dickson M Fonseca
Mestrado em Reabilitação Oral pela FOB/USP.
Exercício em clínica privada com concentração em Odontologia Estética.
Diretor/ Ex-presidente da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética/ SBOE.

Categorias
Artigos

Benefícios da dança para sua saúde física e emocional

“Quem dança seus males espanta”. Com certeza você já ouviu esse ditado, mas saiba que essa é uma grande verdade. A dança é uma atividade incrível quando se procura aliviar as tensões do dia a dia, pois ela permite que você se expresse de maneira única e alcance diversos benefícios para a mente e o corpo.
Por ser uma atividade praticada em grupo, a dança contribui nos relacionamentos interpessoais, dando a oportunidade de socializar com os colegas da turma, auxiliando no combate à timidez e à depressão e gerando maior autoconfiança. Além disso, quando se tem companheiros de atividade, fica muito mais fácil manter a motivação e não perder nenhuma aula.

Benefícios

Além dos benefícios para a mente, a dança atua de diversas formas em relação ao corpo. Confira:

  • Aumenta a flexibilidade
  • Ajuda a aprimorar sua coordenação motora
  • Libera endorfina
  • Equilibra a pressão arterial
  • Gera a tonificação muscular
  • Otimiza o condicionamento aeróbico

Todos podem fazer

Mais uma boa notícia: a dança é uma atividade democrática e abrangente, sendo ideal para todos que gostam e querem se envolver. Assim, desde as crianças até os idosos, sedentários ou atletas, todo mundo pode participar!
Gostou? Então venha conhecer o Pulse Dance e comece já a mexer o esqueleto! Você vai se apaixonar.

Categorias
Artigos

Menstruação: posso praticar atividades físicas naqueles dias?

A prática de exercícios físicos durante a menstruação é uma dúvida comum entre as mulheres. Além disso, a menstruação sempre foi uma questão controversa para a ciência do esporte, treinadores e atletas. Há poucas décadas, eram comuns as ressalvas quanto as mulheres participarem de competições ou treinarem menstruadas. Somente a partir de 1950, com a melhora na qualidade dos produtos de higiene femininos (absorventes) e o aumento no número de pesquisas científicas sobre o tema, esse quadro mudou.

O ciclo menstrual

Antes de tudo, vale entender um pouco mais sobre o ciclo menstrual. Em termos gerais, ele dura, em média, 28 dias, sendo que a ovulação ocorre normalmente no 14º dia. Assim, o ciclo pode ser dividido em:

  • Fase de menstruação: 1º ao 4º dia
  • Fase pós-menstrual: 5º ao 11º dia
  • Fase intermenstrual: 12º ao 22º dia
  • Fase pré-menstrual: 23º ao 28º dia

Dependendo da fase, o rendimento em exercícios físicos vai variar, já que hormônios diferentes e em quantidades diferentes são liberados ao longo de cada fase.
Diante disso, cabe observar como a menstruação e as fases do ciclo menstrual interferem na performance.

As fases e a performance

Na maioria das mulheres, o desempenho físico ideal é alcançado na fase pós-menstrual, e imagina-se que isso seja causado pela crescente taxa de estrógeno (hormônio feminino) e a ativação da glândula supra-renal, provocando maior secreção de noradrenalina.
A fase pré-menstrual é considerada como a fase de reduzida capacidade de desempenho, caracterizada por baixa concentração, fadiga muscular e nervosa mais rápida e hiperventilação, provocada pelo efeito da progesterona sobre o centro respiratório.
Durante a menstruação em si, cerca de 70% das mulheres alcançam um desempenho igual ou até melhor, em 30%, ocorre uma diminuição do desempenho. A diminuição do desempenho refere-se principalmente a atividades de longa duração.

Afinal, podemos fazer exercícios menstruadas ou não?

Em atividades de velocidade, observa-se esporadicamente uma melhora. Em relação a parte psicológica, deve-se admitir, durante a menstruação, maiores prejuízos, uma vez que o sangramento é percebido geralmente como inibidor do desempenho, embora a perda de sangue não afete a capacidade de desempenho.
A influência do esporte sobre a menstruação depende do tipo de treinamento, de sua intensidade e do grau de prática da atividade esportiva. Mulheres que praticam regularmente esporte queixam-se menos de distúrbios que as não esportistas.
Nas esportistas que tem um treinamento muito intenso e abrangente de resistência, no entanto, pode ocorrer uma reorganização da regulação funcional, que leva temporariamente a irregularidades menstruais, reversíveis a qualquer momento.
Em cerca de 3/4 das mulheres, o esporte não influencia a menstruação. Porém, quando surgem dores menstruais mais fortes (cólicas), aconselha-se tomar cuidado ou mesmo limitar a carga esportiva, principalmente nos primeiros dias.

Categorias
Artigos

Os benefícios do açaí

Presente na dieta de boa parte dos atletas e amantes da “geração saúde”, o açaí conquistou a confiança das pessoas que procuram uma alimentação prática e saudável.
Fruto do açaizeiro, uma espécie de palmeira encontrada em maior número no norte do Brasil, o açaí é um fruto roxo e babáceo, que é rico em fibras, lipídios e proteínas, além das vitaminas B1, C e B2. Também possui uma grande quantidade de ferro, cálcio e fósforo.

Um superalimento

Geralmente o açaí é classificado como um excelente energético, uma vez que cada 100 gramas pode conter, aproximadamente, 250 calorias. Ele também é uma das frutas com maior concentração de antioxidantes, além de agir como vasodilatador, fortalecer o sistema imunológico, aumentar a sensação de saciedade e propiciar rápida reposição energética. É composto por carboidratos (gordura do bem) que ajudam a aumentar o bom colesterol e diminuir o ruim, o que contribui para uma boa saúde.

Cuidados

Por ser um alimento de grande valor calórico, o açaí deve ser usado com cuidado e, se possível, sob orientação de um nutricionista, pois ele poderá orientá-lo sobre a frequência de consumo e também sobre as combinações mais adequadas, que podem ir do xarope de guaraná, a banana, granola e Whey Protein, dentre outras.

Benefícios

Esse superalimento tornou-se indispensável na dieta de vários atletas devido ao grande número de benefícios que proporciona. A alta concentração de carboidratos favorece a regeneração muscular e mantém o condicionamento físico após as atividades. As proteínas presentes na fruta favorecem a formação de aminoácidos, que é o principal construtor muscular. Com alta concentração de potássio, o açaí torna-se fundamental no combate às conhecidas e dolorosas câimbras, que poderão ser evitadas juntamente com a boa ingestão de líquidos durante as atividades físicas. Além disso, ele também possui características rejuvenescedoras que retardam o envelhecimento, graças à alta quantidade de antioxidantes, contribuindo também para a produção de anticorpos, as células de defesa do organismo, o que ajuda a fortalecer o sistema imunológico e diminui o risco de infecções.

Indicado para todos

De forma geral, o açaí é uma fruta benéfica e com grandes propriedades nutricionais e medicinais. O que pode variar é o objetivo e a necessidade de cada pessoa.
Desse modo, o açaí é uma boa pedida tanto para aqueles que buscam ganho de massa muscular quanto para os que querem emagrecer, pois, mesmo que seja uma das frutas mais calóricas disponíveis, a variação entre quantidade e freqüência de consumo pode representar o caminho certo para cada caso particular.

Categorias
Dicas Pulse

Netflix: 6 filmes imperdíveis sobre esportes

Devido a sua vasta quantidade de produções, a Netflix se tornou um dos principais meios para se ter entretenimento de qualidade sob demanda. Para você que é assinante do serviço online e apaixonado por exercícios físicos, apresentamos seis filmes sobre esportes que estão no catálogo da empresa.
Confira nossas dicas e não deixe de assistí-los.

Senna: O Brasileiro. O Herói. O Campeão.


Esse documentário retrata todas as fases e faces de Ayrton Senna. Desde os primeiros passos no kart, passando por suas vitórias, polêmicas, brigas políticas e a inesquecível rivalidade com Alain Prost.
Um trabalho de primeiríssima linha, vencedor do prêmio da Academia Britânica de Artes do Cinema e Televisão (BAFTA) nas categorias melhor documentário e melhor edição.

I am Bolt


Durante um ano, Usain Bolt foi acompanhado pela equipe dos documentaristas Benjamin Turner e Gabe Turner, inclusive na Rio 2016, o que resultou em um filme de 1h47. O objetivo do ícone do atletismo com “I Am Bolt” é mostrar para os fãs que não é nada fácil chegar ao topo e ainda mais difícil se manter no local mais alto do pódio por tanto tempo.

Ícaro


Bryan Fogel é um cineasta e ciclista amador. Ele começa a produzir um documentário mostrando a facilidade na obtenção e utilização de substâncias proibidas para atletas na Rússia. Da mesma forma, apresenta como era fácil de escapar dos exames que poderiam comprovar a fraude. É no meio dessa produção que o maior escândalo de doping da história do esporte acontece. O documentário acompanha a rotina e a evolução física de Bryan, seus encontros com o Dr. Grigory Rodchenkov, um dos nomes envolvidos no escândalo, e o desenvolvimento da investigação que retirou toda a delegação russa de Atletismo dos Jogos Olímpicos de 2016.

Coach Carter — Treino para a vida


Baseado em fatos reais, Ken Carter (Samuel L. Jackson) retorna para sua antiga escola para colocar o time de basquete em forma. Impondo um rígido comando, ele consegue fazer a equipe vencer. Porém, problemas comportamentais e de notas dos jogadores acontecem, levando Carter a uma atitude radical. O treinador é criticado pelos jogadores e seus pais, mas seu grande objetivo é mostrar como a vida é dura, seja na escola, na quadra ou na vida.

Fittest on Earth: A Decade of Fitness


O documentário mostra o dia a dia dos principais atletas do CrossFit Games na edição de 2015: rotinas de treino, bastidores do evento e o que aconteceu nos intervalos da competição no StubHub Center, em Carson, na Califórnia. Um documentário divertido e emocionante ao mesmo tempo.

Iverson


Documentário sobre um dos maiores jogadores de basquete do século XXI. Allen Iverson brilhou na NBA no final dos anos 90 e início do novo milênio, da mesma forma que foi alvo de polêmicas, mas essa é a parte mais fácil de sua vida. Criado em uma realidade muito pobre e rodeada de drogas e criminalidade, ele encontrou no esporte uma forma de sobreviver. A obra conta com depoimentos de amigos, parentes, ex-treinadores e do próprio Allen Iverson.

Categorias
Artigos

Dicas para fazer seu corpo viciar em exercícios

Atire a primeira pedra aquele que nunca teve preguiça de treinar!
Isso acontece com todos, principalmente quando estamos começando a praticar exercícios, pois nessa fase os desafios são ainda maiores. O corpo ainda está se acostumando com as novas atividades, a rotina diária tende a patinar um pouco e você pode estar achando que os resultados deveriam ser mais rápidos… Com isso, qualquer tempo chuvoso ou compromisso viram motivos para que o treino fique pra outro dia.
Mesmo assim, não se desespere! Os profissionais de educação física costumam dizer que são necessários ao menos 3 meses para que você comece a enxergar benefícios reais com os exercícios. Depois desse período, o corpo também passa a sentir “necessidade” de se exercitar.
Pensando nisso, preparamos algumas dicas para você que está (re)começando e quer se “viciar” em atividades físicas. Confira:

Fracione o treino

Alguns estudos recentes vêm demonstrando que sessões de exercícios curtas e cumulativas durante o dia são tão benéficas quanto períodos longos e isolados de treino.
Você pode, por exemplo, separar o seu treino em três sessões, como: malhar / aeróbico / alongamento.
Para isso, converse com seu professor e obtenha orientações para encaixar as sessões da melhor forma possível.

Nem pense em desculpas

Pense sempre em seu objetivo final e em como você sente-se bem depois de fazer seus exercícios. Para isso, tenha em mente que as desculpas funcionam apenas momentaneamente, tornando-se arrependimento logo depois.

Aposte em músicas animadas

Colocar uma música bem animada para tocar é uma boa estratégia de motivação, já que ela naturalmente estimula nosso corpo a se movimentar.

Chame um(a) amigo(a) para malhar

Muitas pessoas só conseguem aderir a um programa de exercícios físicos com uma boa companhia. Além disso, depois que já marcamos um compromisso, fica feio desmarcar por coisa boba.

Faça uma atividade que você realmente goste

A melhor atividade que existe é a que você gosta de fazer. Se você não curtir o exercício, vai desistir rapidamente.
Para lidar com essa situação, experimente as mais diversas modalidades na academia. Com certeza alguma terá a sua cara!

Exercite-se, mesmo que por pouco tempo

É importante que você se exercite ao menos três vezes por semana. Eventualmente, se você não tiver esse tempo disponível, movimente-se dentro dos intervalos da sua agenda. Melhor se exercitar por curtos períodos do que não fazer nada. Assim você conseguirá manter seus ganhos e contribuirá
para o próprio bem-estar e motivação.

Aproveite o caminho

Procure deixar a ansiedade de lado, tendo em mente que os resultados demoram mesmo para vir. Para isso, procure se divertir e sentir prazer com os ganhos diários da sua nova rotina.
Enfim, a persistência é a chave para você vencer a preguiça e se habituar com a nova rotina. Com isso estabelecido, você perceberá que tem mais ânimo, mais fôlego, mais energia, e que toda vez que faz exercícios você acaba se sentindo melhor.
Isso também quer dizer que você já viciou seu corpo. Então aproveite, pois os benefícios do organismo e as diferenças estéticas no corpo ficarão visíveis!